Quinta-feira - 
29/02/2024
ASSESSORIA JURÍDICA CRIMINAL E CÍVEL

“A Emerj é um espaço plural e democrático”, diz desembargador Marco Aurélio Bezerra de Melo

O gabinete do desembargador Marco Aurélio Bezerra de Melo está especialmente movimentado neste início de ano. Eleito novo diretor-geral da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj) para o biênio 2023/2024, ele se reúne com sua futura equipe para traçar planos e estratégias. Por lá também passam os amigos, magistrados e servidores que parabenizam o desembargador pela conquista.     Feliz e consciente dos desafios que enfrentará, o novo diretor-geral da Emerj diz estar honrado com a confiança depositada pelos colegas desembargadores. Ele recebeu 145 votos de seus pares, em sessão do Tribunal Pleno realizada no último dia 12 de dezembro.      “A Emerj é a melhor escola judiciária do país. É a escola do juiz; o espaço plural, democrático, abstrato, em que temos oportunidade de discutir questões importantes do Direito. Esse cargo é uma grande responsabilidade e pretendo atender às expectativas dos meus colegas”, declarou.     Formado em Direito pela Universidade Federal Fluminense em 1993, defensor público entre os anos de 1994 e 2008, o desembargador foi aprovado no concurso para a Magistratura fluminense em 2008. Mestre e doutor pela Unesa, professor emérito de Direito Civil da Emerj, professor de Direito Civil licenciado do Ibmec, professor do mestrado e doutorado da Unesa, o desembargador pretende empregar toda a sua experiência profissional e acadêmica na nova função.      “Nós magistrados lidamos com casos concretos no nosso dia a dia. É aquela pessoa que teve um direito ameaçado, é o possuidor que perdeu a posse, por exemplo. Na Emerj, temos a oportunidade de abrir nossa mente para questões abstratas, de estudar. É o local em que revisitamos o que aprendemos na faculdade de uma forma mais profunda e, depois, aplicamos no caso concreto”, disse.      A ideia do novo diretor-geral da Emerj é que a escola continue atuando como um braço do TJ, em permanente diálogo com a Corregedoria Geral da Justiça, com a Esaj (Escola de Administração Judiciária) e com a sociedade civil. Nesse sentido, um dos principais projetos do desembargador Marco Aurélio Bezerra é visitar as faculdades de Direito na capital e no interior.     “Pretendo aproximar, cada vez mais, o magistrado da Emerj e dos congressos. Vamos fomentar o aprimoramento desse magistrado. Meu empenho também será para que a Emerj debata as grandes questões jurídicas de nosso país com a sociedade. Que possamos falar sobre temas como federalismo, liberdade religiosa, racismo, questões de gênero. O acadêmico de Direito de todo o estado deve conhecer a Emerj, seu objetivo e importância”, finaliza.      O novo diretor-geral da Emerj, desembargador Marco Aurélio Bezerra, atua na 5ª Câmara de Direito Público. É presidente do Fórum Permanente de Direito Civil da Emerj e membro da Academia Brasileira de Direito Civil.      O magistrado tomará posse na próxima sexta-feira, dia 3 de fevereiro, às 14h, no Plenário da Lâmina Central (na Rua Dom Manuel s/nº, 10º andar, Fórum Central). Na cerimônia também serão empossados o presidente do TJRJ, desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo, e os desembargadores Marcus Henrique Pinto Basílio (corregedor-geral da Justiça); Caetano Ernesto da Fonseca Costa (1º vice-presidente); Suely Lopes Magalhães (2ª vice-presidente); e José Carlos Maldonado de Carvalho (3ª vice-presidente).       A solenidade será transmitida em tempo real pelo canal oficial do PJERJ no YouTube.      MG/MB 
01/02/2023 (00:00)
Visitas no site:  736216
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.